Competência em informação no ensino superior: um estudo com discentes do curso de graduação em Medicina da Escola Multicampi de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte

Ismael Soares Pereira, José Diniz Júnior

Resumo


O objetivo da pesquisa em que se baseia este artigo é diagnosticar a competência em informação dos estudantes do curso de graduação em Medicina da Escola Multicampi de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem quantitativa, em que a coleta de dados foi concebida mediante aplicação de questionários a 37 alunos. Os resultados mostram que eles sabem como definir as palavras-chave que melhor representam o assunto de um problema de pesquisa. Evidenciam também que estão familiarizados com o uso de catálogos de bibliotecas, todavia afirmam sentir dificuldades de pesquisar nas bases remotas de dados. Foram identificadas como limitações para elaborar estratégias de busca eficientes o desconhecimento das funcionalidades dos operadores lógicos booleanos e de outros recursos de pesquisa. Conclui-se que para aprimorar a competência em informação dos alunos é necessário integrar ao currículo do curso, um módulo específico que trabalhe a internalização dessa competência.


Palavras-chave


competência em informação; comportamento na busca de informação; gestão da informação; revisão de literatura como assunto; ensino em saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v11i1.1202

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil