Repositórios institucionais de acesso aberto à informação científica: proposta de modelo de avaliação

Michelli Pereira da Costa, Fernando César Lima Leite

Resumo


As articulações internacionais em prol do acesso aberto (AA) destacam os repositórios institucionais (RIs) como uma estratégia eficiente para a gestão da informação científica das instituições. No entanto, apesar da ampla adesão à estratégia, o desenvolvimento dos RIs tem seguido objetivos e práticas divergentes. Diante da controvérsia conceitual identificada, o estudo investigou elementos que permitem definir RIs. Para tanto, foi realizada uma Revisão Sistemática da Literatura nos artigos científicos mais citados sobre o tema e que estavam indexados nas bases de dados Web of Knowledge e Google Scholar. Como resultado da análise, foi proposta uma definição para o conceito de RIs no contexto do acesso aberto e dois instrumentos de avaliação. O primeiro é um conjunto de características essenciais para a categorização de um sistema de informação como um RI. O segundo é a sistematização de oito dimensões de análise. Por fim, propõe-se modelo para avaliação de RIs.

Palavras-chave


Repositórios Institucionais; Acesso aberto; Sistemas de Informação; Comunicação Científica; Revisão

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v9i3.996

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil