A cultura colaborativa e a criatividade destrutiva da web 2.0: aplicativos para o ensino da medicina

Steven Wheeler, Maged Kamel Boulos

Resumo


Examinamos o recente crescimento do software1 interativo (Web 2.0), seu primeiro impacto no ensino, e apresentamos uma análise de algumas pesquisas, conduzidas nos últimos tempos, que avaliam suas aplicações pedagógicas. Salientamos a tendência dos estudantes a serem criativos e destrutivos ao utilizarem softwares interativos, particularmente wikis2, web logs (blogs3) e outros ambientes de rede baseados em textos. As atividades dos estudantes nesses ambientes de softwares interativos podem causar tensão e conflito, e as reações variam mas, em geral, os resultados têm sido positivos. Alguns exemplos do ensino da medicina são analisados, oferecendo ao leitor exemplos da utilização de softwares interativos que têm sido usados em contextos do ensino de medicina clínica.

Palavras-chave


Software interativo, Web 2.0, conteúdo colaborativo, espaços wiki, blogs

Texto completo:

PDF PDF EN (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v1i1.877

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil