A iniciativa Open Access no acesso à informação técnico-científica nas Ciências da Saúde

Javier Sanz Valero, Jorge Veiga de Cabo, Luis David Castiel

Resumo


A iniciativa Open Access (OAI) trata de documentos publicados eletronicamente, permitindo acesso livre, direto, permanente e gratuito ao texto completo da literatura científica e de pesquisa pela internet. Isto pressupõe o livre aproveitamento da informação científica, sempre que seja considerado o reconhecimento da autoria. As três principais manifestações sobre OAI estão contidas nas declarações de Budapeste (2002), de Bethesda (2003) e de Berlim (2003). O Open Access é compatível com o copyright, o copyleft, a revisão por pares, a impressão, a preservação e outras características associadas à literatura acadêmica convencional. A diferença de maior relevância consiste no fato de que o acesso à informação não é pago pelos leitores e, portanto, não existem barreiras à pesquisa. Mesmo assim, o êxito da OAI não depende somente da disponibilidade dos documentos, mas no apoio da comunidade científica.

Palavras-chave


Acesso aberto, acesso à informação, armazenamento e recuperação da informação, internet, documentação

Texto completo:

PDF PDF_EN (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v1i1.876

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil