Avaliação do sistema de pesquisa em saúde do Brasil: algumas características dos pesquisadores e produção científica1

Telma Ruth da Silva, Fernando Szklo, Rita Barradas Barata, José Carvalho de Noronha

Resumo


O artigo descreve algumas características de pesquisadores e a produção científica no campo da saúde. Os dados foram obtidos através de inquérito realizado com amostras de 180 pesquisadores sorteados dentre os líderes de grupos de pesquisas cadastrados no diretório de pesquisa do CNPq. Os entrevistados, em comparação ao total de pesquisadores dos diretórios de pesquisa do CNPq, apresentaram mediana de idade mais alta, distribuição por sexo semelhante e formação acadêmica semelhante. Foram observadas diferenças salariais segundo a área de atuação. A produção científica restringe-se praticamente aos ambientes acadêmicos e vem crescendo acentuadamente. A formação e titulação acadêmica vêm ocorrendo no país, atuando como elemento-chave no crescimento e aprimoramento da pesquisa em saúde.

Palavras-chave


Política científica, pesquisadores, produção científica, sistema de pesquisa em saúde, política de pesquisa em saúde

Texto completo:

PDF PDF_EN (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v1i1.875

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil