Ambiente regulatório de infraestrutura de informações para o acesso à informação científica: apontamentos acerca da distribuição de informação na sociedade da aprendizagem

Jônatas Souza de Abreu, Renato Fernandes Correia

Resumo


Este artigo trata do debate acerca do acesso à informação cientifica no âmbito da sociedade da aprendizagem, questionando o seu papel ideológico, bem como a sua filosofia política, especialmente no que tange ao acesso à informação acadêmica. Constrói um panorama político econômico do desenvolvimento da ideia da sociedade da informação no Brasil, a partir da leitura conjuntural da proposta de uma global information infrastructure, na década de 1990, passando pelos esforços brasileiros de inserção em tal infraestrutura e construção de uma estrutura de rede. Tece críticas ao processo de promoção da sociedade da informação até a evolução conceitual à sociedade da aprendizagem, contrapondo-se ao modelo vigente e propondo um novo viés de análise para a questão da competência informacional e do processo de “aprender a aprender”. Finaliza expondo novas questões possíveis relativas ao tema, abarcando, inclusive, a questão da regulação do ambiente de rede e a necessidade de promoção real do acesso livre à informação científica.

 


Palavras-chave


Sociedade da aprendizagem; Acesso à informação; Infraestrutura global de informação; Sociedade da informação; Políticas de informação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3395/reciis.v8i3.685

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil