Política de Acesso Aberto ao Conhecimento: Análise da experiência da Fundação Oswaldo Cruz/Fiocruz

Paula Xavier dos Santos, Ana Cristina da Matta Furniel, Rosane Mendes da Silva, Paulo Cezar Vieira Guanaes, Manoel Barral Neto, Umberto Trigueiros Lima, Nisia Trindade Lima

Resumo


Este artigo relata a experiência da construção e implantação da Política de Acesso Aberto ao Conhecimento da Fundação Oswaldo Cruz, instaurada com caráter mandatório para favorecer o acesso público e gratuito ao conhecimento que ela produz, preservar a memória institucional, dar visibilidade e disseminar a produção intelectual, estabelecer diretrizes de registro para sua publicação e apoiar o planejamento e a gestão da pesquisa. Para sua consecução, utiliza-se o Repositório Institucional Arca, no qual são arquivados, a princípio, artigos científicos, dissertações e teses. O artigo apresenta uma contextualização do movimento pelo acesso aberto à literatura científica, ressaltando a origem, estratégias de disseminação, principais iniciativas nacionais e inter - nacionais, sobretudo as do campo da saúde. Em seguida, descreve o processo coletivo de formulação e validação dessa política na Fundação Oswaldo Cruz, desde o trabalho do grupo que iniciou a pesquisa, o estudo e a aprendizagem sobre o tema, a consulta pública a que a política foi submetida, a criação das instâncias de deliberação e de governança, até a sua aprovação em fevereiro deste ano pelo Conselho Deliberativo da instituição. Conclui que a democratização e a universalização do acesso ao conhecimento científico é condição fundamental para o desenvolvimento igualitário e sustentável das nações.

 


Palavras-chave


Política de Informação; Acesso Aberto; Repositório Institucional; Preservação Digital; Informação Científica e Tecnológica em Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3395/reciis.v8i2.633

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil