Os sentidos da saúde nas mídias jornalísticas impressas

Valdir de Castro Oliveira

Resumo


O propósito deste trabalho foi o de analisar os sentidos produzidos pela mídia jornalística impressa sobre a saúde relacionando-os com razões editoriais e socioculturais que orientam suas estratégias narrativas. O nosso pressuposto é o de que os temas da saúde ganham espaços cada vez maiores nestas mídias e, ao serem midiaticamente codificados, constroem diversos imaginários sobre a saúde e a doença apontando para os fatores de risco e, em contrapartida, indicando comportamentos corretos e exemplares a serem seguidos pelos leitores para se ter uma vida feliz e saudável. Para entender estas operações discursivas, analisamos textos sobre saúde publicados em 2011 no jornal Folha de S. Paulo e nas revistas Veja e CartaCapital.

Palavras-chave


Jornalismo; Saúde; Linguagem; Sentidos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3395/reciis.v6i4.622

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil