Tecnologia da Informação na Fundação Oswaldo Cruz

Paulo Eduardo Potyguara Coutinho Marques, Tatiana Wargas de Faria Baptista

Resumo


Esta pesquisa tem por objeto a Tecnologia da Informação (TI) e teve por objetivo realizar análise diagnóstica desta área na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Para nortear esta análise foi realizado um estudo de corte transversal de natureza exploratória e descritiva. Tal estudo abrangeu as 23 Unidades da Fiocruz que responderam um questionário sobre sua estrutura de TI,
assim como questões sobre processos, troca de informações e sugestões para que a TI se alinhe com a missão institucional. Também foi realizado um resgate da história da TI na Fiocruz tendo como fonte documentos institucionais. Observou-se que a TI aparece em um crescente ao longo do tempo, porém tais discussões não possuem a TI como foco, mas como suporte a projetos
respondendo às urgências. Verificou-se a necessidade de montar um plano de formação continuada para os profissionais de TI. Foi possível perceber que a subárea de Sistemas Corporativos encontra-se muito aquém do ideal. Verificou-se uma baixa utilização de software livre nas estações de trabalho e a utilização de sistemas operacionais sem suporte. Existem poucos profissionais envolvidos com Segurança da Informação. Para a área de TI, propõe-se a implantação de um modelo descentralizado, sob a coordenação de um nível central.

Informações sobre o artigo

Recebido em: 14/10/2011         Aceito em: 23/03/2012


Palavras-chave


Tecnologia da Informação; TI; Gestão

Texto completo:

PDF PDF EN (English)


DOI: https://doi.org/10.3395/reciis.v6i1.608

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil