O tratamento ao usuário de crack nas páginas policiais dos jornais brasileiros

Eva Patricia Lopes

Resumo


Este artigo pretende fazer uma análise do enquadramento das notícias publicadas nos jornaisimpressos brasileiros sobre a Ação Integrada Centro Legal,lançada em julho de 2009 pelaPrefeitura de São Paulo, pelo governo estadual e outros órgãos com o objetivo de restaurar aregião socialmente degradada, por meio de ações da Polícia Militar e de profissionais de saúdee de assistência social.Para o estudo, foram testadas duas categorias: saúde pública esegurança pública. A pesquisa sobre o enquadramento jornalístico vem se consolidando naliteratura especializada e, aliada à teoria da agenda, determina que a mídia não apenasagenda nossas preocupações, mas também influi sobre como pensamos acerca dos diversostemas, configurando-se, portanto, em um instrumento de poder político e de persuasão.Embora o enquadramento saúde tenha aumentado em 2012, ele sempre esteve abaixo doenquadramento segurança, que, em 2012, chegou a mais de 50% das notícias. Asintervenções da Ação Integrada Centro Legal foram, em sua maioria, marcadas peladesarticulação entre esferas do governo, mas os jornais focaram no embate político,desconsiderando a necessidade de ações conjuntas a fim de solucionar um problema que ésocial e de saúde pública.

Palavras-chave


Enquadramento; Mídia impressa; Drogas; Saúde pública; Segurança pública.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3395/reciis.v7i3.580

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil