Gestão do conhecimento aplicada à Saúde Pública: uma reflexão sobre os laboratórios públicos produtores de imunobiológicos

Bruna de Paula Fonseca, Marcus Vinicius de Araújo Fonseca

Resumo


O recente desenvolvimento do cenário internacional na área de imunobiológicos trouxe a oferta contínua, pelas multinacionais, de novos produtos, com alto valor agregado, para a saúde pública. Diante deste quadro, os laboratórios públicos produtores precisam adquirir maior velocidade de inovação para manter-se como laboratórios estratégicos para a política de saúde pública e de desenvolvimento industrial e tecnológico do Governo. Para auxiliar esse processo é preciso gerenciar e compartilhar continuamente conhecimentos de todos os tipos, para necessidades existentes e emergentes, visando identificar e explorar a dinâmica dos repositórios de conhecimento preexistentes e adquiridos por essas organizações para desenvolver novas oportunidades e garantir sua sustentabilidade. Nesse sentido, este artigo se propõe a trazer uma reflexão sobre a aplicação da gestão do conhecimento e do compartilhamento de conhecimento como mecanismos essenciais de estímulo à inovação em laboratórios públicos produtores de imunobiológicos.

 


Palavras-chave


Gestão do conhecimento; Saúde pública; Inovação; Laboratórios públicos produtores; Redes

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3395/reciis.v7i2.549

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil