Aplicações e benefícios dos programas de Telessaúde e Telerreabilitação: uma revisão da literatura

Mariana Ribeiro Marques, Evelin Cristina Cadrieskt Ribeiro, Carla Silva Santana, Valéria Meirelles Elui

Resumo


Os programas de Telessaúde e Telerreabilitação têm sido citados com muita frequência na literatura, mas estudos que demonstram suas aplicações ainda são escassos. Assim, este trabalho tem como objetivo fazer uma revisão da literatura que aborda a aplicação desses programas. Após selecionados cinquenta artigos, do quais três são de revisão, os demais foram classificados em cinco categorias: programas para avaliação, prescrição, monitoramento, reabilitação e educação a distância de profissionais da saúde. Entre eles, quatro são sobre programas para avaliação a distância, um sobre prescrição de cadeira de rodas, três tratam de monitoramento a distância, 19 são sobre a Telerreabilitação voltada para a intervenção em pacientes, 20 são artigos relacionados com o termo telessaúde para educação a distância. Considerando os resultados obtidos com o estudo, foi possível determinar alguns aspectos importantes para o aprimoramento de pesquisas futuras. Entre eles encontram-se: a utilização de facilitadores, de modo a ampliar a acessibilidade para os pacientes no que se refere à aplicação dos sistemas e impedir que a tecnologia seja uma barreira; e, o uso, em diversos momentos, do desenvolvimento da patologia e de outros estudos que demonstrem a viabilidade da implantação desses programas nos serviços de saúde; além disso, a realização de estudos que evidenciem o tempo necessário à aquisição de conhecimento por meio de ambientes virtuais no que tange à educação a distância.

Palavras-chave


Telenfermagem; Educação à distância; Telemedicina; Reabilitação; Consulta Remota; Monitoramento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3395/reciis.v8i1.501

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil