Comunicação e saúde: a experiência do Amazoom nas ações de combate à desinformação sobre arborviroses em Roraima

Autores

  • Vilso Junior Chierentin Santi Universidade Federal de Roraima, Centro de Comunicação, Letras e Artes, Programa de Pós-graduação em Comunicação. Boa Vista, RR https://orcid.org/0000-0003-0970-6459
  • Bryan Chrystian Araújo Universidade Federal de Roraima, Centro de Comunicação, Letras e Artes, Programa de Pós-graduação em Comunicação. Boa Vista, RR https://orcid.org/0000-0001-7149-6881

DOI:

https://doi.org/10.29397/reciis.v16i2.3250

Palavras-chave:

Amazoom, Comunicação e saúde, Combate à desinformação, Roraima, Educomunicação.

Resumo

Este artigo apresenta reflexões acerca do conjunto de ações do projeto ArboControl em Roraima relatadas, neste estudo, a partir das experiências e práticas de combate à desinformação do Amazoom – Observatório Cultural da Amazônia e do Caribe. Para a melhor compreensão das formas de fazer apresentamos, neste estudo, o contexto em que elas ocorrem; os aspectos gerais que pautaram a criação do Amazoom e a sua vinculação à iniciativa nacional do ArboControl; os objetivos e as múltiplas dimensões das práticas comunicativas executadas no âmbito do projeto; os conceitos e as ideias que movimentamos no exercício desse fazer; os métodos e as técnicas que utilizamos; e os principais produtos, os seus processos e os resultados parciais alcançados até o momento. Enfatizamos, a partir das práticas realizadas e do material analisado, a importância da produção de conteúdos próprios (apropriados e apropriáveis), inspirados nos preceitos da educomunicação, capazes de acionar linguagens híbridas, narrativas múltiplas e mais efetivas, na prevenção, no monitoramento e no controle das arboviroses (e de seus vetores).

Biografia do Autor

Vilso Junior Chierentin Santi, Universidade Federal de Roraima, Centro de Comunicação, Letras e Artes, Programa de Pós-graduação em Comunicação. Boa Vista, RR

Doutorado em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Bryan Chrystian Araújo, Universidade Federal de Roraima, Centro de Comunicação, Letras e Artes, Programa de Pós-graduação em Comunicação. Boa Vista, RR

Mestrado em Comunicação pela Universidade Federal de Roraima.

Referências

ARAÚJO, Bryan Chrystian da Costa. Amazoom debate ações educomunicativas sobre arboviroses com pesquisadores da UFRR. Observatório Cultural da Amazônia e Caribe (AMAZOOM), Boa Vista, 24

nov. 2021a. Disponível em: https://www.redeamazoom.org/post/amazoom-debate-a%C3%A7%C3%B5eseducomunicativas-sobre-arboviroses-com-pesquisadores-da-ufrr. Acesso em: 20 jun. 2022.

ARAÚJO, Bryan Chrystian da Costa. Seminário do Amazoom discute atividades de ensino, pesquisa e extensão na Amazônia e Caribe. Observatório Cultural da Amazônia e Caribe (AMAZOOM), Boa Vista,

dez. 2021b. Disponível em: https://www.redeamazoom.org/post/semin%C3%A1rio-do-amazoom-discuteatividades-de-ensino-pesquisa-e-extens%C3%A3o-na-amaz%C3%B4nia-e-caribe. Acesso em: 20 jun. 2022.

ARAÚJO, Bryan Chrystian da Costa; SANTI, Viso Junior. Comunicar para mobilizar: as práticas etnocomuicativas do Conselho Indígena de Roraima. In: ENCONTRO ANUAL DA COMPÓS, 28., 11-14 jun.,

, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Disponível em: https://proceedings.science/compos/compos-2019/papers/comunicar-para-mobilizar--as-praticasetnocomunicativas-do-conselho-indigena-de-roraima. Acesso em: 20 fev. 2021.

BAPTAGLIN, Leila Adriana. Movimentos artísticos urbanos venezuelanos e seu poder educomunicacional. Revista ECCOM, Lorena, v. 12, n. 24, 2021, p. 357-371. Disponível em: http://fatea.br/seer3/index.php/ECCOM/article/view/1174. Acesso em: 20 jan. 2021.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 6. ed. Lisboa: Edições 70, 2011.

BARTH, Fredrik. Grupos étnicos e suas fronteiras. In: POUTIGNAT, Philippe; STREIFF-FENART, Jocelyne. Teorias da etnicidade. São Paulo: Ed. UNESP, 2011. p. 185-227.

CARDOSO, Janine Miranda; ARAÚJO, Inesita Soares de. Comunicação e saúde. In: PEREIRA, Isabel Brasil; LIMA, Julio César F. (org.). Dicionário da educação profissional em saúde. Rio de Janeiro: EPSJV, 2009. Disponível em: http://www.sites.epsjv.fiocruz.br/dicionario/verbetes/comsau.html. Acesso em: 20 fev. 2022.

CARVALHO, Guilherme; BRONOSKY, Marcelo. Jornalismo alternativo no Brasil: do impresso ao digital. Pauta Geral – Estudos em Jornalismo, Ponta Grossa, v. 4, n. 1, 2017, p. 21-29. Disponível em: https://revistas.uepg.br/index.php/pauta/article/view/10007. Acesso em: 20 fev. 2022.

DATASUS. Notas técnicas. Brasília, DF: Ministério da Saúde, c2022. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?ibge/cnv/poprr.def. Acesso em: 20 fev. 2022.

FRANÇA, Elisabeth; ABREU, Daisy; SIQUEIRA, Márcia. Epidemias de dengue e divulgação de informações pela imprensa. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 20, n. 5, p. 1334-1341, 2004.

DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2004000500028. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/K4zGYrqHVhQZjkDbD9345Vw/abstract/?lang=pt. Acesso em: 20 fev. 2020.

FREINET, Célestin. Pedagogia do bom senso. São Paulo: Martins Fontes, 1985.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 60. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2016.

HAESBAERT, Rogério. O mito da desterritorialização: do “fim dos territórios” à multiterritorialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Tabela 2.1 - População residente, total, urbana total [...]. In: INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Sinopse do Censo demográfico 2010. [S. l.]: IBGE, 2010. Disponível em: https://censo2010.ibge.gov.br/sinopse/index.php?dados=0&uf=14. Acesso em: 20 jan. 2022.

KAPLÚN, Mario. Processos educativos e canais de comunicação. Comunicação & Educação, São Paulo, n. 14, p. 69-75, 1999. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v0i14p68-75. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/comueduc/article/view/36846. Acesso em: 15 jun. 2022.

KUCINSKI, Bernardo. Jornalismo, saúde e cidadania. Interface – Comunicação, Saúde, Educação, Botucatu, v. 4, n. 6, p. 181-186, 2000. DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-32832000000100025. Disponível em: https://www.scielo.br/j/icse/a/m7pS6zC8f5h9Lv4TrB9qVYf/?lang=pt. Acesso em: 15 jun. 2022.

MALDONADO, Efendy. El pensamiento transmetodológico en ciencias de la comunicación: saberes múltiples, fuentes críticas y configuraciones. CHASQUI: Revista Latinoamericana da Comunicación, Quito, n. 141, p. 193-213, 2019. Disponível em: https://revistachasqui.org/index.php/chasqui/article/view/4076. Acesso em: 23 jun. 2022.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Desafios culturais da comunicação à educação. Comunicação & Educação, São Paulo, n. 18, p. 51-61, 2000. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v0i18p51-61. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/comueduc/article/view/36920. Acesso em: 03 jan. 2000.

MOTTA, Luiz Gonzaga (ed.). Análise crítica da narrativa. Brasília, DF: Ed. UnB, 2013.

OBSERVATÓRIO CULTURAL DA AMAZÔNIA E DO CARIBE (AMAZOOM). Com&Saúde. Boa Vista: Rede Amazoom, 2017a. Disponível em: https://www.redeamazoom.org/com-e-saude. Acesso em: 20 fev. 2022.

OBSERVATÓRIO CULTURAL DA AMAZÔNIA E DO CARIBE (AMAZOOM). Quem somos. Boa Vista: Rede Amazoom, 2017b. Disponível em: https://www.redeamazoom.org/quem-somos. Acesso em: 20 jun. 2022.

OBSERVATÓRIO CULTURAL DA AMAZÔNIA E DO CARIBE (AMAZOOM). Tá com dúvida se tá com covid-19 ou dengue? Boa Vista, 1 fev. 2022. Instagram: @redeamazoom. Disponível em: https://www.

instagram.com/p/CZc4nMDOAQC/. Acesso em: 20 jun. 2022.

OSANAI, Carlos H. et al. Surto de dengue em Boa Vista, Roraima: nota prévia. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 53-54, 1983. Disponível em: https://patua.iec.gov.br/bitstream/handle/iec/2804/Surto%20de%20dengue%20em%20Boa%20Vista%2c%20Roraima%20

%28nota%20prévia%29.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 20 jan. 2022.

QUADROS, Mirian R. Análise de narrativas jornalísticas radiofônicas: reflexões sobre os desafios metodológicos da pesquisa em rádio. In: MAIA, Marta R.; MARTINEZ, Monica (org.). Narrativas midiáticas

contemporâneas: perspectivas metodológicas. Santa Cruz do Sul: Catarse, 2018. p. 434-454.

RICOEUR, Paul. Tempo e narrativa – tomo I. Campinas: Papirus, 1994.

RORAIMA. Coordenaria Geral de Vigilância em Saúde. Coordenaria Geral de Vigilância em Saúde. Boa Vista: Coordenaria Geral de Vigilância em Saúde, c2022. Disponível em: https://saude.rr.gov.br/cgvs/index.php/sport/situacao-arboviroses. Acesso em: 20 fev. 2022.

SANTI, Vilso Junior Chierentin. Mediação e midiatização: conexões e desconexões na análise comunicacional. Paco Editorial, 2016.

SANTI, Vilso Junior Chierentin. Princípios teórico-metodológicos para entrever Mediação e Midiatização. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE METODOLOGÍAS TRANSFORMADORAS DE LA RED AMLAT, 8.,

, Caracas. Anais [...]. Caracas: CEPAP, 2014. v. 1. p. 132-15.

SANTI, Vilso Junior Chierentin; SAMPAIO, Maria Luciene. As transmutações da narrativa jornalística na campanha eleitoral de 2018 em Roraima. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISADORES EM JORNALISMO, 19., 2021. Anais [...]. Brasília, DF: SBPJor, 2021. Disponível em: https://proceedings.science/sbpjor-2021/papers/as-transmutacoes-da-narrativa-jornalistica-na-campanha-eleitoral-de-2018-em-roraima. Acesso em: 03 fev. 2019.

SOARES, Ismar de Oliveira. Educomunicação: um campo de mediações. Comunicação & Educação, São Paulo, v. 19, p. 12-24, 2000. Disponível em: http://www.journals.usp.br/comueduc/article/view/36934/39656.

Acesso em: 03 fev. 2019.

Downloads

Publicado

30-06-2022

Como Citar

Santi, V. J. C., & Araújo, B. C. (2022). Comunicação e saúde: a experiência do Amazoom nas ações de combate à desinformação sobre arborviroses em Roraima. Revista Eletrônica De Comunicação, Informação & Inovação Em Saúde, 16(2). https://doi.org/10.29397/reciis.v16i2.3250

Edição

Seção

Dossiê: Perspectivas multidisciplinares sobre desinformação em ciência e saúde