Informação de perícias médicas para subsidiar ações de vigilância e promoção da saúde dos servidores públicos: o caso de uma universidade pública federal do Brasil

Tirze Barbalho Krölls, Nadi Helena Presser, Nancy Sánchez-Tarragó

Resumo


O estudo apresentado neste artigo teve como objetivo geral propor ações de vigilância e promoção da saúde dos servidores da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), com base nas informações de perícias médicas registradas, no período de 2016 a 2018, no prontuário eletrônico do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (SIASS). Para isso, o estudo descreve o perfil de morbidade dos servidores que buscaram a perícia médica, analisa os principais fatores de risco no ambiente de trabalho e sua relação com o perfil de morbidade revelado, de modo a estabelecer prioridades para ações de educação e promoção da saúde. As ações propostas abrangem estudos ergonômicos, avaliação e acompanhamento psicológicos, capacitação, entre outras, para intervir nas principais doenças identificadas (psíquicas e osteomusculares). As informações registradas no módulo de Perícias Médicas do SIASS, até então subutilizadas, revelaram suas potencialidades, pois permitiram identificar os problemas e propor a tomada de decisões gerenciais em prol da prevenção de doenças e da melhoria da saúde dos servidores.


Palavras-chave


Perícia médica; Serviços de saúde do trabalhador; Sistemas de informação em saúde; Promoção da saúde; Vigilância em saúde do trabalhador.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v15i3.2229

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil