Cenas discursivas da pandemia de Covid-19: o discurso sobre o isolamento social na imprensa

Wedencley Alves, Denise Nacif Pimenta, Michele Nacif Antunes

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar discursos do/no jornal O Globo, um veículo de referência no jornalismo brasileiro, sobre a estratégia de isolamento social como forma de contenção da pandemia de Covid-19. Para isso, tomou como base de observação e análise notícias e reportagens publicadas pelo jornal durante as duas primeiras semanas de medidas (do dia 16 ao dia 26 do mês de março de 2020). O estudo partiu da Análise de Discurso (Pêcheux/Orlandi) para compreender se houve deslocamentos de sentido em relação às medidas e aos embates discursivos que tiveram lugar entre autoridades políticas, de saúde e a própria população. O artigo conclui que mais do que produzir sentido sobre a cena discursiva que se instaurou durante esse período, o próprio jornal se fez ator nessa cena, participando de intrigas discursivas que nela tiveram lugar.


Palavras-chave


Mídia impressa; Jornal; Discurso; Covid-19; Pandemia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v15i1.2204

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil