Os 12 eixos da comunicação combinada para a saúde pública municipal: uma proposta

Arquimedes Pessoni, Thiago Passaro

Resumo


Este artigo apresenta os resultados inéditos de uma pesquisa de mestrado (2017-2019) sobre a inovação na gestão da comunicação das Secretarias Municipais de Saúde (SMS). Os métodos utilizados foram revisão de literatura, estudo de caso da SMS de São Paulo – com coleta de documentos, entrevistas semiestruturadas em profundidade com gestores de comunicação e observação participante – e análise de conteúdo. Os resultados mostram que a comunicação integrada, estratégica e multimídia, alinhada aos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS), contribui para aumentar a eficácia e a eficiência da comunicação e saúde no nível local. Para isso, as SMS podem fazer uso, com base no contexto local, dos 12 eixos de comunicação propostos pelo estudo, que são: comunicação interna, assessoria de imprensa, cerimonial/eventos, criação/publicidade, audiovisual, site/portal, redes sociais, aplicativos para dispositivos móveis, jogos, fotografia, parcerias e realidade virtual, realidade aumentada e produções em 360º.


Palavras-chave


Inovação organizacional; Comunicação em saúde; Sistema Único de Saúde; Multimídia; Gestão das tecnologias de informação e comunicação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v15i1.2049

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil