Retomar o debate logo

Alba Maria Zaluar

Resumo


A nota apresenta um histórico do debate público sobre violência e criminalidade e mostra a necessidade de retomar o debate ao seu nível anterior, tratando o tema não só como uma questão de segurança pública, mas também de saúde. Reafirma que é preciso enfrentar o contexto social em que jovens se matam mutuamente, que criam um inimigo odiado e desumanizado. Faz uma crítica à polarização em curso no país, na qual a possibilidade de ter compaixão pelo sofrimento do outro desapareceu. Sugere iniciativas que podem ajudar a enfrentar a disseminação do etos guerreiro, consolidando a segurança pública baseada na cidadania. E relembra que enfrentar a violência é enfrentar as assimetrias causadas por dominações autoritárias, seja pelo Estado, seja por facções criminosas.


Palavras-chave


Violência; Medo; Armas; Drogas; Policiais; Cidadania.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v12i4.1668

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil