A pesquisa on-line sobre amamentação: entre o senso comum e a OMS na era digital

Marina Souto Dalmaso, Andrea Wander Bonamigo

Resumo


Uma vez que a internet assumiu o papel de fonte preferencial e espontânea de acesso à informação, o objetivo deste estudo é sintetizar o que as mães brasileiras buscam e encontram na internet sobre aleitamento materno, por meio de revisão crítica da literatura científica dos últimos 10 anos. Os estudos selecionados permitiram a categorização de três tópicos de discussão: qualidade das informações disponíveis; desenvolvimento de facilitadores para acesso a informações sobre aleitamento materno; e grupos virtuais de apoio à amamentação como espaço de educação em saúde. A internet é uma área com grande potencial para o desenvolvimento de ações de educação em saúde e promoção do aleitamento materno. Apesar de pertinente e atual, a literatura científica carece de pesquisas que explorem o tema do aleitamento materno sob o ponto de vista da interação on-line das mães, sendo este um campo muito rico para estudos futuros.


Palavras-chave


Aleitamento materno; Promoção da saúde; Internet; Tecnologia biomédica; Saúde Materno-infantil.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v13i4.1635

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil