Doce veneno: uma análise do consumo de bebidas açucaradas por adolescentes

Thaína Rocha Balbino, Stephanie Ingrid Souza Barboza

Resumo


O presente estudo visa compreender os fatores de influência para a redução do consumo das bebidas açucaradas. Nesse intuito, adotou-se uma abordagem qualitativa, a fim de desenvolver ferramentas de marketing social para a promoção da redução do consumo entre adolescentes. Foram realizadas entrevistas gravadas em áudio, com roteiro semiestruturado, sendo entrevistados onze adolescentes de 16 a 18 anos, variando entre estudantes do ensino médio de instituições públicas e privadas do estado da Paraíba. Os resultados indicaram que os principais incentivos para o consumo são o sabor, preço, praticidade e o assédio dos amigos e familiares que incentivavam o consumo de bebidas açucaradas. Fazendo o uso de ferramentas de marketing social, verificou-se que a conscientização sobre os aspectos negativos da ingestão dessas bebidas, a inserção de ações reguladoras e a exposição dos malefícios contribuem para uma nova consciência sobre o consumo dessas bebidas e a redução do consumo.


Palavras-chave


Marketing social; Bebidas açucaradas; Adolescentes; Saúde pública; Conscientização.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v13i2.1490

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil