A construção do Plano de Dados Abertos de uma organização pública de Pesquisa e Desenvolvimento e o desafio de uma Ciência Agropecuária Aberta

Patrícia Rocha Bello Bertin, Claudia Delaia Machado, Marcos Cezar Visoli, Debora Pignatari Drucker, Daniela Maciel Pinto

Resumo


Em atendimento à Política de Dados Abertos do Poder Executivo Federal e à Lei de Acesso à Informação, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) iniciou discussões para a construção do seu Plano de Dados Abertos – um instrumento de planejamento para a implementação e a racionalização dos processos de publicação de dados abertos em organizações públicas. Esse trabalho visa relatar a estratégia geral que foi estabelecida para essa finalidade e os desafios que têm sido encontrados nos estágios preliminares de sua implantação. Como a abertura de dados por instituições de pesquisa no Brasil é ainda incipiente, espera-se que a experiência da Embrapa possa contribuir com iniciativas de organizações congêneres.

Palavras-chave


dados abertos; ciência agropecuária; ciência aberta; e-science; dados de pesquisa; política de dados abertos; Lei de Acesso à Informação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v11i0.1411

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil