Aplicativos móveis para a saúde e o cuidado de idosos

Diane Nogueira Paranhos Amorim, Luísa Veríssimo Pereira Sampaio, Gustavo de Azevedo Carvalho, Karla Helena Coelho Vilaça

Resumo


O crescente uso de smartphones, aliado ao envelhecimento populacional, fez surgirem no mercado diversos aplicativos voltados para o público idoso. Diante dessa realidade, o objetivo do estudo aqui apresentado foi descrever os aplicativos direcionados à saúde e ao cuidado de idosos. Realizou-se uma busca de aplicativos em smartphones com sistema operacional Android e iOS. Os descritores utilizados na busca foram: 'idoso', 'saúde do idoso', 'envelhecimento', 'elderly' e 'salud de los ancianos'. Foram encontrados 25 aplicativos que abrangem três temas: saúde dos idosos, cuidado de idosos e informações sobre a saúde e o cuidado de idosos. Os aplicativos objetivam a prática de exercício físico, a prevenção ou detecção de quedas, a estimulação cognitiva, a busca de profissionais ou serviços, o auxílio ao cuidado de idosos e a divulgação de informações sobre saúde e sobre doenças e tratamentos. Esses recursos podem trazer grande contribuição à saúde e ao aperfeiçoamento do cuidado ao idoso, sendo um instrumento de monitoramento, informação e promoção de hábitos saudáveis.


Palavras-chave


idoso; saúde do idoso; aplicativos móveis; smartphone; tecnologia biomédica, saúde móvel.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v12i1.1365

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil