Processo de implantação do e-SUS Atenção Básica em Sobral – CE

Marcos Aguiar Ribeiro, Thayná Biatriz Farias Muniz, Izabelle Mont`Alverne Napoleão Albuquerque, Aline Ávila Vasconcelos, Mariana Moreira da Costa, Amanda Maria Braga Vasconcelos

Resumo


Criado pelo Ministério da Saúde (MS), o e-SUS AB vem com a finalidade de reorganizar os dados da atenção básica e reestruturar os sistemas de informação em saúde. O objetivo do estudo que fundamenta este artigo foi conhecer os desafios da implantação do e-SUS Atenção Básica no programa Estratégia Saúde da Família do município de Sobral – CE. Caracteriza-se como uma pesquisa exploratória e descritiva com abordagem qualitativa, realizada com seis equipes do programa Estratégia Saúde da Família no município de Sobral por meio de entrevistas semiestruturadas aplicadas em trinta profissionais de saúde. Para a realização da análise de dados, foi utilizada a estratégia do discurso do sujeito coletivo. Os resultados da pesquisa evidenciaram que o e-SUS AB contribui positivamente para a gestão e a assistência no sistema de saúde, mas que existem diversos obstáculos para que o sistema tenha perfeita funcionalidade e concretização. Contudo, ainda existem aspectos restritivos para um funcionamento satisfatório dessa ferramenta.


Palavras-chave


e-SUS; Atenção primária à saúde; Sistemas de informação; Sistema Único de Saúde; Discurso do sujeito coletivo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v12i3.1364

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil