Produção de vídeos educativos sobre saúde a partir da interlocução entre estudantes e pesquisadores

Sílvio Fernando Vargas Bento, Celina Maria Modena, Stephanie dos Santos Cabral

Resumo


A escola como um espaço de saber – social, dialógico e cultural – é de fundamental importância no processo de popularização dos conhecimentos científicos. Com base em um projeto que se encontra em desenvolvimento, em uma parceria entre a Fiocruz Minas e três escolas da rede pública estadual no município de Belo Horizonte, este artigo relata a interlocução entre escola e pesquisa/ciência. Como estratégia de pesquisa buscou-se envolver ativamente os educandos na construção de questões relacionadas a temas de saúde. Nesse processo de articulação entre escola e instituição de pesquisa, dúvidas e questionamentos distintos levantados em cada uma das escolas foram apresentados aos pesquisadores da Fiocruz, que dialogaram com os discentes. Toda a pesquisa foi registrada na forma de vídeos, visando à construção de um material midiático educativo, que será distribuído na rede pública de ensino do estado de Minas Gerais.


Palavras-chave


Popularização da ciência; Vídeos educativos; Recursos audiovisuais; Divulgação científica; Comunicação em saúde; Educação em saúde; Educação não formal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v12i3.1357

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil