Educação em Saúde e Jornalismo Operativo: articulações teórico-metodológicas

Ana Paula Machado Velho, Sonia Cristina Soares Dias Vermelho

Resumo


O artigo relata pesquisa-ação realizada em Maringá (PR), Brasil com objetivo de enfrentar a epidemia de dengue cuidando do ambiente. A partir dos conceitos de mobilização social, jornalismo operativo e educação em saúde, desenvolvemos ações na região metropolitana de Maringá, no bairro do Borba Gato infectado pela dengue. A ação foi realizada com graduandos de jornalismo e pesquisadores da área de promoção da saúde numa escola pública de ensino fundamental. Nas oficinas comandadas pelos pesquisadores, os alunos produziram materiais, mais tarde utilizados pelos graduandos na ação de mobilização contra a dengue no bairro. Na avaliação dos graduandos, a ação de comunicação e educação em saúde, na forma de jornalismo operativo, foi eficaz para aproximar cidadãos e produtores de conteúdo e, juntos, buscar melhorias nas condições do ambiente.


Palavras-chave


Comunicação em saúde; Educação em saúde; Dengue; Jornalismo ambiental; Participação comunitária; Jornalismo operativo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29397/reciis.v12i2.1129

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil