Modelo de gestão do conhecimento para apoiar a prática clínica em uma unidade hospitalar

Marcelo Ladislau da Silva, Jordan Pauleski Juliani, Júlio da Silva Dias

Resumo


Estudos sobre gestão do conhecimento (GC) relatam como seu ciclo acontece na prática em empresas e indústrias, porém poucos a abordam como meio de aprimoramento das práticas clínicas em unidades hospitalares. O objetivo da pesquisa relatada neste artigo é contribuir para a redução dessa lacuna, por meio da proposta de um modelo de gestão do conhecimento para a melhoria da prática clínica. Após a realização de uma busca sistêmica da literatura, foram levantados os principais elementos de processos de GC para a construção de um modelo a ser utilizado na unidade hospitalar estudada. Tais processos serviram de base para realização do estudo de caso, no qual foram entrevistados os membros da equipe multiprofissional de atendimento ao paciente portador de fibrose cística (EMAPFC) de um hospital pediátrico de referência, do estado de Santa Catarina. Com base na análise dos resultados, foi elaborado um modelo de gestão do conhecimento que propicie melhorias no atendimento da unidade.


Palavras-chave


gestão do conhecimento; fibrose cística; prática clínica; unidade hospitalar; equipe multiprofissional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v10i4.1104

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil