Os sentidos e os efeitos sociais da informação televisiva em saúde: um estudo de recepção com pacientes do câncer de mama

Allan de Gouvêa Pereira, Iluska Maria da Silva Coutinho

Resumo


Este artigo resulta de um projeto de pesquisa desenvolvido entre 2012 e 2015 que reuniu uma análise de centenas de produtos midiáticos, entrevistas com profissionais de saúde e pacientes, tendo como foco a cobertura televisiva do câncer. Com a finalidade de sistematizar os sentidos, as impressões e as percepções de um grupo de pacientes (em diferentes fases de tratamento) e ex-pacientes, que foram diagnosticadas com o câncer de mama, a pesquisa teve como intuito principal verificar se os significados produzidos pela mídia televisiva, no âmbito desse tipo de cobertura, correspondem àqueles vivenciados por portadores da doença. Para isso, tomou-se como amostra um grupo de mulheres, constituído em um hospital oncológico do município de Juiz de Fora, MG. e foram utilizadas técnicas de observação não participante e de grupo de discussão.


Palavras-chave


Informação; Câncer; Televisão; Sentidos; Recepção.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v10i1.1002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil