A influência da web na tomada de decisão da grávida: rastreio pré-natal e tipo de parto

Marta Ferraz, Ana Margarida Almeida, Alexandra Matias

Resumo


Este artigo explora a influência que a web tem nos mecanismos de tomada de decisão da grávida, por meio, apenas, da análise dos resultados obtidos pela participação de grávidas e relativamente às opções de “rastreio pré-natal” e de “tipo de parto”. Em termos metodológicos, o estudo baseou-se nos dados recolhidos através de um survey exploratório, com base num inquérito por questionário, em suporte papel, aplicado a grávidas portuguesas. Apesar da importância da pesquisa na internet, é o contacto presencial, sobretudo com o médico, que mais as influencia. Concluiu-se que a revisão da literatura recente e a investigação sobre a utilização da internet por grávidas aponta que, no seu processo de tomada de decisão, a influência da opinião do médico é maior do quea das pesquisas digitais feitas por elas. Os resultados desse survey deverão ser úteis para pressionar os policy-makers a encontrar respostas eficazes e eficientes nesta matéria.


Palavras-chave


Decisão; Web; Grávida; Rastreio pré-natal; Parto.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v9i4.913

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil