Comunicação em saúde na atenção terciária: estudo exploratório sobre a informação retida pelo paciente

Rilva Lopes de Sousa-Muñoz, Bruno Melo Fernandes, Raissa Dantas de Sá, Antônio Edilton Rolim Filho, Rodolfo Augusto Bacelar de Athayde, Samuel Gouveia da Costa Duarte, Isabel Barroso Augusto Silva

Resumo


O objetivo deste estudo foi a valiar o conhecimento do paciente sobre sua doença e terapêutica após seis meses de acompanhamento ambulatorial com ações de educação em saúde em projeto de extensão. O delineamento foi longitudinal e experimental. A cada visita mensal do paciente ao
ambulatório, os alunos extensionistas forneceram, de forma repetida, a informação sobre sua doença crônica e tratamento, empregando processo de educação em saúde, durante as consultas e individualmente. Para a realização das entrevistas, foi utilizado um questionário padronizado para avaliar a retenção da informação pelo paciente, aplicado no atendimento inicial e seis meses após a execução do projeto de educação em saúde. H ouve ampliação da informação sobre diagnósticos, que foram congruentes com os reais, assim como sobre os medicamentos em uso; 33,3% que relataram conhecer o nome dos medicamentos em uso no início do acompanhamento passaram para 65,5%; os 12,5% que sabiam os efeitos colaterais dos medicamentos passaram a 41,7%. Conclui-se que osbenefícios do Projeto Continuum de extensão foram, em curto prazo, uma melhora da informação adquirida pelos pacientes. Mais do que elaborar conclusões, este estudo levanta a questão da necessidade de se adotarem programas de ações educativas voltadas para o paciente a fim de aumentar seu conhecimento sobre o próprio tratamento e, consequentemente, suas possibilidades de adesão à terapêutica.

Informações do artigo

Recebido em: 16/01/2011  Aceito em: 21/03/2012

Fonte de financiamento: Trabalho realizado no Programa de Bolsas de Extensão da UFPB.


Palavras-chave


comunicação em saúde; relação médico-paciente; ambulatório hospitalar; continuidade da assistência ao paciente

Texto completo:

PDF PDF EN (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.3395/reciis.v6i1.474

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil